fbpx

Postado por: Vilarô | Categoria: Quarto de Bebê | Data: 30.03.2020

O Papel da Personal Organizer na Organização do Quartinho do Bebê

Toda mulher quando se descobre grávida começa a buscar o que de mais inovador existe dentro do universo materno, principalmente se forem mamães de “primeira viagem”!

Além do usualmente procurado como: ginecologista/obstetra, nutricionista, pediatra, consultora de aleitamento, berços, cômodas e roupinhas; a mulher moderna tem buscado o auxílio de profissionais de organização especializadas que é a Personal Organizer Baby. Por isso, trabalhar com gestantes é a tradução literal de trabalhar com as emoções, com dozes elevadas de amor e carinho na realização, muitas vezes, de um sonho pela vida nova que vai chegar.

A gestante certamente vai se encantar com a delicadeza e riqueza de detalhes do trabalho oferecido pela Personal Organizer Baby.

Nosso papo hoje será a organização do Quarto Baby que, depois da barriguinha da mamãe será o novo casulo de acolhimento do bebê! Antes mesmo de pensarmos na beleza, praticidade e funcionalidade que a organização trará para o ambiente, há que se observar critérios no cuidado com a higienização das roupinhas e os demais utensílios.

Cada quarto de bebê terá sua particularidade, a começar pelo projeto arquitetônico que pode ser elaborado em parceria com uma profissional de organização que se aterá aos espaços/compartimentos dentro dos móveis, para uma melhor distribuição dos produtos de higiene, roupinhas, sapatinhos e rouparia.

Usualmente, todos os itens são acomodados em armários, cômodas ou até mesmo em closets já projetados para o baby, mas que atenderão suas necessidades de acordo com o crescimento.

Assim, a disposição dos itens deve obedecer rigoroso critério, mantendo sempre em vista e à mão produtos de higiene, paninhos de boca e de ombro. Seguindo a perspectiva de funcionalidade e praticidade, as roupinhas devem estar dispostas em ordem de tamanho. Mesmo que os futuros papais e mamães já tenham adquirido vestuário para a idade de 18 a 24 meses, a atuação da Personal Organizer será também na acomodação destas roupinhas, para posterior uso, além de acomodar de forma funcional e prática toda a rouparia do bebê (toalhas, lençóis, fronhas, mantas de sono, roupões) …

Outro cuidado importante, é estabelecer local/utensílios adequados para os descartes, como cestos para roupas utilizadas e lixeiras, mantendo o aroma agradável no ambiente.

Todos estes cuidados com a organização, funcionalidade do ambiente e utilização orgânica dos itens do bebê, tem o propósito de gerar harmonia, leveza e alegria a todos, o que proporcionará maior tempo de dedicação dos pais e cuidadores, uma convivência mais suave de todos com seu(s) bebê(s).

Organizar é harmonizar! Viva em harmonia!

___

Este artigo foi escrito por:

 

Personal Organizer Priscila Balestra

Voltar

deixe um comentário

últimas do nosso blog

mariela-romano-arquitetura-de-quarto-de-bebê

Como projetar um quarto de bebê que siga as normas de segurança, funcionalidade e também seja lindo.

São várias etapas para projetar um quarto. Segurança, ergonomia, normas e vários outros detalhes. Para não errar, conte sempre com a ajuda de profissionais.

Leia mais

Por: Vilarô

wq-05

receba nossas novidades

Fique por dentro de nossas novidades em primeira mão.